Pages

domingo, 21 de agosto de 2016

MULHERES ADORANDO A DEUS COM EXCELÊNCIA

Maria de Betânia, a adoradora.
E aproximando-se dele uma mulher com um vaso de alabastro, com unguento de grande valor, derramou-lho sobre a sua cabeça, quando ele estava assentado à mesa” (Mt 26.7).
E, estando ele em Betânia assentado à mesa em casa de Simão, o leproso, veio uma mulher que trazia um vaso de alabastro, com unguento de nardo puro, de muito preço, e, quebrando o vaso, lho derramou sobre a cabeça” (Mc 14.3).
Então, Maria, tomando uma libra de unguento de nardo puro, de muito preço, ungiu os pés de Jesus e enxugou lhe os pés com os seus cabelos; e encheu-se a casa do cheiro do unguento” (Jo 12.3).

1.     Quem era essa mulher? Os três relatos, falam da mesma mulher, que era sem dúvida a irmã de Marta e Lázaro, conforme nos relata João. Ela era a mesma que ficou aos pés de Jesus, na sua própria casa, enquanto Marta fazia a comida (Lc 10.38-42). Ela amava ficar aos pés de Cristo, ouvindo e adorando-o.

2.    O material que ela usou na adoração.
a.     Vaso de alabastro. Uma espécie de mármore, branco ou translúcido. Era mais maleável que o próprio mármore. Um vaso, que começava arredondado, e terminava com um fino gargalo. O vaso já era muito caro. O material não era de Israel, mas sim, da Síria ou do Egito.
b.    Unguento de Nardo puro. Era o perfume dos reis e das rainhas. Importado da índia, em vasos de alabastro selados. Somente quando alguém muito especial chegava, o selo era quebrado, para exalar o perfume do nardo: “Enquanto o rei está assentado à sua mesa, dá o meu nardo o seu cheiro” (Ct 1.12).

3.    O rei Jesus estava lá na casa de Simão. Então, Maria, toma o vaso de alabastro selado, com uma libra de nardo puro (quase meio litro), e derrama sobre sua cabeça, que chega até seus pés. Imaginemos aquela cena! Ninguém adora a Jesus para passar despercebido. Notemos os acontecimentos após sua adoração:
a.     A casa se encheu de perfume (Jo 12. 3).
b.     Tem aqueles que criticam o adorador (Lc 7.39);
c.      Outros criticam como você adora (2Sm 6. 13-16,20);
d.     Há os que criticam porque você adora. Quer dizer, em vez de adorar, vá servir aos pobres! (Jo 12.5).
e.     E ainda, os que se preocupam com o tempo, e com a quantia gasta na adoração (Mt 26.8).
f.       Davi nos exorta dizendo: “Servi ao Senhor com alegria”(Sal 100.2);
g.     Quem não adora é um crente estéril (2Sm 6.23).

4.     O crente como adorador.
a.     Nosso coração é esse vaso de alabastro. Precisa ser quebrado. Isso fala da humilhação. Do descer do pedestal do eu e da arrogância. O homem gosta de ser louvado, adorado.
b.     Quebrar o vaso fala também de uma adoração completa. Ela poderia apenas tirar o selo e pingar o nardo, mas ela não fez assim. Ela quebrou o vaso. Quer dizer: o Senhor merece toda nossa adoração: 
Quantos que oferecem o resto de sua adoração.
O resto de tempo, o resto da dedicação, o resto do compromisso, o resto da atenção, o resto das forças... Será que é isso que Jesus merece? Ele deu tudo dele. Deu tudo que tenho, tudo que sou. Tudo provem dele. A vida provém dele!
c.      
d.     A adoração é o perfume de nardo puro que, quando o gargalo do vaso de alabastro é quebrado, é derramado aos pés de Cristo, o Rei dos Reis (Rm 12.1; 1Co 10.31).

5.     Como é o verdadeiro adorador por excelência?
a.     Adora quando come, e quando jejua;
b.     Adora quando veste. Com seu corpo adora ao Senhor (1Co 6.20).
c.      Adora quando vem para a igreja (Sal 122.1);
d.     Adora com sua alma (Sal 103.1);
e.     Adora quando volta da igreja;
f.       Adora quando ora;
g.     Adora quando canta: “Eu te louvarei Senhor de todo o meu coração; na presença dos deuses a ti cantarei louvores” (Sal 138.1).
h.     Adora quando chora: Paulo e Silas na prisão (At 16. 25).
i.       Adora quando ganha (1Sm 2.1 e ss).
j.       Adora quando perde: “Então, Jó se levantou, e rasgou o seu manto, e rapou a sua cabeça, e se lançou em terra, e adorou, e disse: Nu saí da ventre de minha mãe e nu tornarei para lá; o Senhor o deu e o Senhor o tomou; bendito seja o Nome do Senhor” (Jó 1. 20,21).
k.     Adora quando anda (2Rs 4.9; Mt 5.16).
l.       Adora mesmo antes de receber: A mulher siro fenícia (Mt 15.25).


Um verdadeiro adorador é um receptáculo das bênçãos do Senhor.

3 comentários:

Unknown disse...

Que o Senhor Jesus continue te usando de maneira de nos abençoar cm suas explicações. A paz d Senhor

Midia Monique disse...

Que o Senhor Jesus continue te usando de maneira de nos abençoar cm suas explicações. A paz d Senhor

Armesson Felipe disse...

Seja abençoado na unção de Deus. A Paz do Senhor Jesus!

Postar um comentário