Pages

terça-feira, 28 de julho de 2015

ORANDO AO SENHOR



Ah Senhor, me coloco aos teus pés. Pelo Espírito de adoção te chamo Pai. Oro a ti, com humildade, sinceridade e grande temor. Com rendição e desejoso, que a sua vontade seja feita em minha e em nossa vida.
Meu Deus, tenho visto tantos problemas que vem acontecendo no seio de tua igreja. Divisões, facções, rebeldia, rebeliões, pecados de adultérios. E, pior Senhor, é que cometem o pecado, e permanecem como se nada tivesse acontecido. Se, são disciplinados não aceitam a disciplina e correm para outros arraiais ditos cristãos, e continuam nos púlpitos, como se nada tivesse acontecido. Senhor, é tempo difícil e trabalhoso, como está dito em tua santa Palavra.
Como está difícil para os cristãos que querem ver a pureza do evangelho prevalecer. Senhor, faço minhas as palavras do chorão profeta Jeremias, quando disse: “Como se escureceu o ouro! Como se mudou o ouro fino e bom! Como estão espalhadas as pedras do santuário ao canto de todas as ruas” (Lm 4.1). Sim, Senhor, quantos que eram pedras preciosas nas palmas de suas mãos, mas por motivos carnais e mundanos, preferiram servir a carne e deixaram de lado o serviço do Senhor. Quantas pedras espalhadas meu Deus! Quantos que deixaram seu lugar vazio na sua casa e foram servir ao deus deste século. Amaram mais os prazeres e os deleites que ao Senhor Jesus Cristo, que morreu em nosso lugar para nos remir de toda imundícia.
Sei meu Deus, que tudo isso é necessário que aconteça, pois está escrito em tuas santas Palavras. Tem misericórdia do teu povo, revela o que está oculto e escondido.
Senhor, queremos obreiros santos em nossos púlpitos. Obreiros que sejam referenciais de família. Obreiros que busquem a ti em oração, dando assim exemplo ao rebanho. A igreja está machucada e tristonha, por tantos maus exemplos de obreiros. Levanta homens cada dia mais fiéis. Fiéis a ti em primeiro lugar. Mas também fiéis à família, a esposa, ao rebanho que o Senhor os confiou.
Livra Senhor aqueles irmãos que estão sendo tentados e estão cedendo às tentações carnais. Livra aqueles que estão na boca do leão feroz. Senhor nos dá santidade. Santidade no falar, no agir, no pensar, no olhar, no ouvir, enfim Senhor, santidade em toda nossa maneira de viver. Precisamos ser santos Senhor. Pois sem a santidade ninguém verá a Ti. Ninguém entrará no céu.

Oh meu Deus, te peço, em nome de Jesus, vem alegrar o teu povo. Vem abençoar a tua igreja. Vem fazer de nós cada dia um instrumento de bênçãos em tuas mãos. Não nos deixa cair em tentação, mas livra-nos do mal, porque teu é o reino o poder e gloria para sempre. Amém. 

sexta-feira, 24 de julho de 2015

O PR JOSÉ ANTONIO (PR Neco), ESTÁ COM O SENHOR



É com pesar, consternação e saudades, que venho comunicar a todos nossos obreiros e igreja de modo geral, que na manha deste dia 24 de julho, aprouve ao Senhor, doador do folego de vida dos homens, em recolher para seus braços eternos o pastor José Antônio dos Santos, mais conhecido por todos como Pastor Zé Neco, que servia a Deus como presidente da Igreja Assembleia de Deus em Maceió, bem como presidente da Convenção das Assembleia de Deus no estado de Alagoas, também ocupava a muitos anos o cargo de presidente da UMADENE (União dos ministros das Assembleias de Deus no Nordeste), ainda ocupava relevante cargo na Convenção Geral, como vice Presidente.
Além de todos esses cargos, o pastor José Neco, parte deixando um legado a nova geração de pastores, principalmente por sua humildade, simpatia, simplicidade, santidade e uma vida cristã que merece ser imitada. Para nós pastores, é como se fosse nosso pai. Quando o pastor José Neco chegava, para todos nós pastores, era como se chegasse nosso patriarca, onde todos ficavam calados para poder ouvir suas palavras de graça e sabedoria. Sentiremos ainda por longos anos a falta desse grande pastor e amigo.
É uma perda irreparável! As suas experiências ficarão marcadas indelevelmente em nossos corações, dando-nos subsídios espirituais, dizendo-nos: eu cheguei lá, vocês também podem chegar.

A igreja Assembleia de Deus em Campina Grande, na pessoa de seu pastor Presidente, Daniel Nuns da Silva, se solidariza com a igreja Assembleia de Deus no estado de Alagoas, bem como com a irmã Francisquinha e toda família do nobre estimado e saudoso pastor José Neco.

quinta-feira, 23 de julho de 2015

O OBREIRO E O PERIGO DA CONTEMPORIZAÇÃO COM O MUNDO



“E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus” (Rm 12.2).
“Nos quais o deus deste século cegou o entendimento dos incrédulos, para que não lhes resplandeça a luz do evangelho de Cristo, que é a imagem de Deus” (2Co 4.4).
“Onde está o sábio? Onde está o escriba? Onde está o inquiridor deste século? Porventura, não tornou Deus, louca a sabedoria deste mundo? (1Co 1.20).
“Todavia, falamos sabedoria entre os perfeitos; não, porém, a sabedoria deste mundo, nem dos príncipes deste mundo, que se aniquila” (1Co 2.6).
“Ninguém se engane a si mesmo: se alguém dentre vós se tem por sábio neste mundo, faça-se louco para ser sábio” (1Co 3.18).

É fácil para um obreiro ser influenciado pelo mundo, e pelo presente século nos dias atuais. Somente o verdadeiro evangelho de Cristo pode nos manter afastados das influencias mundanas (O evangelho fará a diferença entre se você é meramente conservador ou se está vencendo o mundanismo no poder do Espírito para a gloria de Deus). Porque essas influências são mui fortes? São garras poderosas, que podemos ver na música, na mídia, nos bens materiais, na modéstia, na humildade, e até no ministério.
Até que ponto o meu ministério não está sendo influenciado pelo presente século? Sabemos que precisamos nos envolver em trabalhos no mundo, evangelizar o mundo, e até certo ponto desfrutar do mundo, Mas, jamais seremos de nenhuma utilidade para mundo enquanto formos profundamente influenciados por ele. Tenho dito que um obreiro chamado por Deus, que se deixa influenciar pelo presente século, torna-se se um hematoma, uma ferida, um tumor em meio à sociedade, ou seja, algo imprestável no mundo (Lc 14.34,35).


UM PEQUENO VERSÍCULO DIFÍCIL DE SER IGNORADO
“Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele” (1Jo 2.15).

Você tem certeza que gosta deste versículo? Ele não mexe demais com você? Parece que não é o versículo que queremos abrir pela manha, quando estamos esperando uma palavra de vitória! Na verdade ele proíbe o mundanismo em termos precisos. Da uma vontade de recortá-lo da Bíblia. Ah, diz alguns cristãos: Esse versículo é para aqueles muito mundanos mesmo! Nada disso amado irmão: ele é para todos os crentes amantes desse presente século. Ele é para todos os obreiros, que estão vivendo uma vida conformada com esse mundo pecaminoso.

DEMAS, O OBREIRO DESERTOR.
“Porque Demas me desamparou, amando o presente século,...” (2Tm 4.10).

1.     Como não sentir tristezas juntamente com Paulo, pela deserção de Demas? Isso foi um choque para o velho apóstolo.
a.     Uma vida desperdiçada;
b.     Um testemunho arruinado;
c.      Um evangelho desacreditado;
d.     Ele não abandonou apenas Paulo e os santos;
e.     Ele abandonou o Salvador de sua alma.

2.     Como foi que aconteceu isso?
a.     Demas era um fiel obreiro de Paulo (Col 4. 14);
b.     Como Demas passou de um fiel seguidor de Cristo, entusiástico, companheiro íntimo de Paulo, disposto a arriscar até a sua vida pelo evangelho, a desertor?
c.      Antes de desertar, Demas se afastou (Uma brasa que se afasta se apaga);
d.     A deserção não foi instantânea, nem era obvia no inicio;
e.     Isso não aconteceu do dia pra noite;
f.       Foi um enfraquecimento gradual (1Co 11.30);
g.     Uma contaminação insidiosa (vagarosamente).
h.     Um processo de conformação com o mundo.

TODOS CONHECEMOS UM DEMAS

A.    Alguém que como uma estrela cadente, brilhou por um tempo por amor a Cristo (Mc 3.19; At 1. 17,18).
B.     De repente, sua comunhão desvaneceu;
C.     Renunciou a Cristo;
D.    Caiu em um grave pecado;
E.     Deixando todos a perguntar: Como isso aconteceu?



PORQUE IGNORAMOS OS SINAIS, OU OS SINTOMAS DO MUNDANISMO.

a.     O obreiro está na igreja, cantando, pregando, falando línguas (1Co 13. 1);
b.     Mas dentro, ele está se afastando (2Tm 3.5);
c.      Já não tem mais o mesmo entusiasmo;
d.     Canta sem nenhuma emoção;
e.     Prega e ouve pregações sem nenhuma convicção;
f.       Prega e ouve, mas não coloca em prática, nem se esforça para colocar em prática a Palavra de Deus;
g.     O amor pelo mundo começa dentro da alma;
h.     É um amor que começa discreto;
i.        Vai brotando para o lado de fora pouco a pouco;
j.       Se não diagnosticado, nem sarado, levará a queda fatal (Hb 12.12-17; Ap 2.5).

O QUE É MUNDANISMO?

a.     É amar este mundo caído, amar os valores e desejos deste mundo, que se opõe a Deus;
b.     É gratificar e exaltar a si mesmo em detrimento de Deus;
c.      É rejeitar as regras de Deus e as substituir por nossas próprias regras (como estão criando ai suas próprias bíblias);
d.     Exaltar nossa opinião acima da verdade de Deus;
e.     Os mundanos buscam uma vida horizontal e não vertical;
f.       Querem olhar sempre para frente e nunca para cima;
g.     Usam Deus apenas para seus propósitos egocêntricos;
h.     O mundanismo é a natureza humana sem Deus.

QUAIS NOSSOS OBJETIVOS?

a.     Nos parece familiar o que foi exposto acima?
b.     Quais têm sido nossos objetivos? Segurança financeira, filhos bem sucedidos, uma posição profissional?
c.      Ou fazemos tudo para a gloria de Deus? (1Co 10.31);

TENTE PENSAR NISSO
a.     O que domina a tua mente e perturba o teu coração? (Fil 1.21; 3.13,14);
b.     É descontentamento com a vida?
c.      Desejos por prazeres mundanos?
d.     A prosperidade exterior o atrai mais que o crescer em devoção?
e.     Ou a sua vida de oração se caracteriza por súplicas sinceras para que a vontade de Deus seja feita e seu reino venha? (Mt 6.10).

HÁ ALGUM FUTURO EM APERGARSE AO MUNDO?

a.     João escreve dizendo: “E o mundo passa, e a sua concupiscência,” (1Jo 2.17).
b.     O versículo e muito claro ao dizer que essas coisas não vão permanecer para sempre.
c.      John Owen descreve como “sentimentos vivos por coisas moribundas”.
d.     Sei que o mundo fascina, encanta, mas também destrói.
e.     A verdade do mundo não passa de engano.
f.       Há coisas horríveis que acompanham o amor pelo presente século, que não estão no contrato com o pecador.
g.     O mundo é farsante, insidioso (parece benigno, mas, é maligno) (1Jo 5.19).

O QUE IMPORTA MESMO PARA O OBREIRO (Jo 4.34).

a.     Resistir ao mundo é de vital importância, mas não é o que realmente importa. Quero dizer que a resistência ao mundo e seus prazeres não é um fim, ou alvo da vida cristã, mas o meio pelo qual amaremos mais ao Senhor Jesus e seu sacrifício realizado na cruz do calvário.
b.     Jesus Cristo é o que realmente importa (Fl 3.8);
c.      Devemos lutar contra o mundanismo, porque ele enfraquece nosso amor por Cristo (Tg 4.4);
d.     O mundanismo é tão sério, porque Cristo é tão glorioso!

O MUNDO OU A CRUZ DE CRISTO
Mas longe esteja de mim gloriar-me, a não ser na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo, pela qual o mundo está crucificado para mim e eu, para o mundo” (Gl 6.14).

a.     Para Paulo, a cruz era a realidade singular, decisiva e transformadora da sua vida.
b.     A cruz mostrou para Paulo que seus esforços, por mais que lutasse, eram totalmente inúteis na conquista da aprovação de Deus.
c.      A cruz definiu o presente para Paulo: “Porque para mim o viver é cristo” (Fl 1.21).
d.     Conhecer a Cristo, agradar a Cristo, servir a Cristo, glorificar a Cristo – Cristo passou a ser o verdadeiro sentido da vida do apóstolo Paulo.
e.     A cruz então determinou o seu futuro: Se o viver era Cristo, o morrer era lucro.

Que Deus nos ajude a servi-lo cada dia melhor.

Pr Daniel Nunes da Silva

Mensagem esboçada a partir da leitura do livro Mundanismo – Como resistir à Sedução de um mundo Caído, editado por C.J. Mahaney – editora Tempo de Colheita.



terça-feira, 21 de julho de 2015

PORQUE A GLORIA SAIU DO SANTUÁRIO?



Diz-nos o texto de Ezequiel 11.23: “E a gloria do Senhor se alçou desde o meio da cidade e se pôs sobre o monte que está ao oriente da cidade”. Essa gloria, que Moisés viu na sarça que ardia e não se consumia no deserto. Essa gloria, que Moisés orou dizendo: “Rogo-te que me mostre a tua gloria”. Aquela gloria, que quando o Tabernáculo foi levantado, encheu o templo e passou a ser presença constante na caminhada do povo de Israel (Ex 40. 34-38), agora, em uma visão, onde o Senhor leva o profeta Ezequiel, das terras do cativeiro até a santa cidade de Jerusalém, ele a vê, sendo alçada do santuário e indo rumo a um monte ao oriente da cidade.
Se olharmos para o capítulo 8 do mesmo profeta Ezequiel, vamos ver ali as coisas horríveis que o povo estava fazendo. Abominações eram feitas no santuário. No interior do Templo onde era para estar somente o nome do Senhor, estava a imagem de ciúmes. Na verdade uma idolatria. Pois qualquer idolatria provoca ciúmes no Senhor. No tempo do malvado rei Manassés, foi colocado uma imagem no interior do templo do Senhor (2Rs 21.7).
Tomando nosso corpo como santuário de Deus, pois é assim que nos diz 1Corintios 3.16: “Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós?” vemos hoje, quantos santuários estão cheios de idolatria. Pois, quantas mulheres cristãs, que preferem seguir as deusas da televisão em seu modo de vestir, em suas vaidades. Quantos rapazes e até mesmo pessoas adultas, que preferem seguirem seus ídolos da televisão, do futebol. Tudo isso é idolatria que afasta a gloria de Deus de uma vida.
O profeta ainda fala de um grupo de sacerdotes, que tendo incensários nas mãos, adoram imagens pintadas nas paredes do santuário. Que tristeza! Quantas abominações estavam sendo cometidas no interior do santuário. Quantos que tendo seus instrumentos nas mãos para servir a Deus, servem a si mesmos. Estão nos cultos, parecem que adoram a Deus, mas não estão com um coração perfeito. Quanta falta de temor ao Senhor daqueles, que sem nenhum escrúpulo, sobem ao altar do Senhor, pensando que estão enganando ao Senhor, mas estão enganando a si mesmos. Veja o que o Senhor fala no Salmo 50: “Que tendes tu que recitar os meus estatutos e que tomar o meu conserto na tua boca, pois aborreces a correção e lanças as minhas palavras para traz de ti? Quando vês o ladrão, consentes com ele; e tens a tua parte com adúlteros. Soltas a tua boca para o mal, e a tua língua compõe o engano. Assentas-te a falar mal contra o teu irmão; falas mal contra o filho da tua mãe” (vv 16-20). Ah amados irmãos, quantos que estão recitando muito bem os estatutos do Senhor, mas não os vivem. Apenas recitam, porque têm muita prática para recitar. Empolgam os povos com um português polido, e uma oratória invejável, mas, suas vidas não passam de palha seca, moinha levada pelo vento do pecado. Destes, a gloria do Senhor já saiu, se é que um dia esteve lá.
Mas, gloria não queria sair do santuário. O Senhor reclama e diz: “... vês tu o que eles estão fazendo? As grandes abominações que a casa de Israel faz aqui, para que me afaste do meu santuário? (Ez 8. 6). O Senhor está dizendo, eu não quero sair, mas ele estão me mandando embora. Deus não convive com o pecado. Ou estejamos limpos para o Senhor viver em nós, ou então Ele se afastará e o pecado terá domínio total sobre nossa vida. Amado irmão, seja você jovem, adulto ou de idade avançada. Seja você homem ou mulher, o Senhor quer que brilhemos a sua gloria, onde quer que estejamos. Disse Jesus: “Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifique o vossa Pai que está nos céus” (Mt 5. 16). Paulo disse: “Mas todos nós, com cara descoberta, refletindo, como um espelho, a gloria do Senhor, somos transformados de gloria em gloria, na mesma imagem, como pelo Espírito do Senhor” (2Co 3.18). Não deixe que o pecado expulse a gloria de Deus de tua vida, mas, viva sempre em santidade e essa gloria maravilhosa estará sempre residindo em você. Essa gloria hoje é a presença inefável de Jesus em nós, através da pessoa do Espírito Santo. Não entristeça o Santo Espírito, no qual estais selados para o dia da redenção. Jesus Cristo é para nós hoje a única esperança da Gloria. Sem ele nossa vida é vazia, e, todas as demais coisas não terão sentido.

Pr Daniel Nunes

terça-feira, 14 de julho de 2015

Construção do Terceiro Templo avança em Israel Instituto do Templo anuncia novilha vermelha e que sabe está a Arca da Aliança

por Jarbas Aragão

Construção do Terceiro Templo avança em IsraelConstrução do Terceiro Templo avança em Israel
O Instituto do Templo tem mostrado com regularidade os avanços na preparação para o restabelecimento dos cultos no Templo, segundo o modelo do Antigo Testamento. Eles se dedicam a isso há 27 anos.
Depois de vários dias anunciando que fariam uma grande revelação, neste domingo (12) veio a notícia que depois de quase dois mil anos, Israel voltará a criar novilhas vermelhas, de acordo com o mandamento bíblico de Números 19.
Em parceria com um experiente criador de gado de Israel, cujo nome não foi revelado, o Instituto explica que os animais serão gerados em condições específicas e num ambiente controlado. Embora existam várias espécies de gado desse tipo sendo criados pelo mundo, até hoje não se encontrou um que se encaixe na descrição bíblica.
De acordo com o Israel National News, os embriões congelados da raça Red Angus foram levados para Israel e em breve devem ser fecundadas as primeiras matrizes.
A novilha precisa ser perfeita e com o pelo totalmente vermelho. Ela é fundamental para o trabalho dos sacerdotes do Templo na realização dos sacrifícios. Segundo o livro de Números, suas cinzas são usadas ​​para a purificação ritual.
Essa é a penúltima peça para a restauração plena do trabalho sacerdotal em Jerusalém.  A última será, sem dúvida, a Arca da Aliança.
Vários especialistas em profecias estão comentando o anúncio do Instituto do Templo. A opinião quase unânime é que daqui a três anos os animais estariam prontos para serem abatidos e usados no serviço do templo segundo os requisitos bíblicos (Gn 15:9).
Considerando que o Estado de Israel completará 70 anos em 2018, essa data é vista como o cumprimento de um tempo profético, pois marcaria o fim de uma geração. Ou seja, se tudo estiver pronto em três anos, Israel poderá retomar os sacrifícios rituais na mesma época em que se espera o fechamento de um ciclo profético.
Chama atenção o fato de o anúncio ser feito nas vésperas do período anual de três semanas, quando os judeus de todo o mundo lamentam a destruição do Templo de Salomão e do Segundo Templo (ou Templo de Herodes).

As preparações para o Terceiro Templo

O Instituto do Templo já anunciou que produziu mais de 70 objetos sagrados, com destaque para as vestes do sumo-sacerdote, incluindo o peitoral incrustado de pedras preciosas.
Somente o peitoral custou quase 500 mil reais. Há também trombetas de prata e harpas de madeira, bandejas para coletar o sangue dos sacrifícios, um incensário e a mesa onde fica o pão ritual. O candelabro (menorá) feito com 90 kg de ouro e pesando 1,5 tonelada está exibido ao público perto do muro das lamentações. Seu custo aproximado foi 3,2 milhões de reais.
Os 20 estudiosos do Talmude, que trabalham para o Instituto em tempo integral, elaboraram em detalhes todos os procedimentos seguindo as leis elaboradas cerca de 3.000 anos atrás. O Instituto afirma que já gastou mais de 30 milhões de dólares até o momento.
O líder e fundador do Instituto, rabino Chaim Richman, em outras ocasiões confirmou que sabe exatamente onde está a Arca, desaparecida desde a tomada de Jerusalém pelos babilônicos. Questionado novamente sobre o assunto, reiterou hoje que eles mantiveram uma tradição há séculos e afirma que ela estaria num túnel cavado no tempo de Salomão. Quando chegar a hora, irá mostra-la ao mundo.
No mês passado, ele anunciou que teria condições de financiar a construção do Terceiro Templo assim que o governo os autorizar. Uma campanha on-line já tem arrecadado dinheiro para isso desde o ano passado.
O único empecilho para isso é que o local hoje é ocupado por duas mesquitas muçulmanas, num local que embora esteja no centro de Jerusalém não está sequer sob o controle do governo israelense.
Para os judeus que estudam as profecias sobre o final dos tempos, a restauração dos sacrifícios rituais em Jerusalém é o início do processo de aparecimento do Messias esperado por eles.  Para a maioria dos cristãos que estudam escatologia, o surgimento do Anticristo depende da restauração do templo e dos sacrifícios, segundo a interpretação de Daniel 9:27.
Existe uma divisão de opiniões sobre o Terceiro Templo. Uma corrente teológica defende que ele só será construído durante a Grande Tribulação. Outros acreditam que ele só estará de pé novamente durante o reino milenar de Cristo na Terra.

domingo, 12 de julho de 2015

ATÉ AQUI NOS AJUDOU O SENHOR



“Até aqui nos ajudou o Senhor”, foram palavras proferidas por Samuel, após vencer juntamente com o povo de Israel uma dura batalha contra os Filisteus (1Sm 7.12). O ainda jovem juiz de Israel tomou uma pedra, e a denominou Ebenézer, que significa “pedra de ajuda”. Aquela pedra já apontava para a rocha dos séculos, a principal pedra de esquina, que jamais deixará ruir o edifício de Deus que se chama Igreja: nosso Senhor Jesus Cristo.
Quero fazer uso das palavras de Samuel para expressar o meu sentimento de vitória, por estarmos comemorando o quarto aniversário frente a obra do Senhor na cidade de Campina Grande e de nossa Convenção. As batalhas são muitas. Os desafios tamanhos. Durante esse tempo, passamos por muitos embates. Tanto espirituais, como físicos, materiais, de saúde, mas em todos os momentos sentimos a mão do Senhor nos guiando. Posso  falar o que disse o escritor aos Hebreus no capítulo 13. 6: “E, assim, com confiança, ousemos dizer. O Senhor é o meu ajudador, e não temerei o que me possa fazer o homem”. Paulo, mesmo dentro das grandes batalhas da obra ele dizia: “E graças a Deus, que sempre nos faz triunfar em Cristo e, por meio nós, manifesta em todo lugar o cheiro do seu conhecimento” (2Co 2.14). Sempre triunfar não significa sempre estar alegre, sempre estar com saúde, sempre estar com dinheiro, sempre estar muito bem. Paulo explica no primeiro capítulo da segunda carta aos Coríntios o que é sempre triunfar, disse ele: “Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai das misericórdias e o Deus de toda consolação. Que nos consola em toda nossa tribulação, para que também possam consolar os que estiverem em alguma tribulação, com as consolação com que nos mesmos somos consolados de Deus” (1Co 1.3,4). Quer dizer, podemos até ser atribulado, mas, nosso Deus é Deus de toda a consolação. Não há nada, nem alguma coisa que seja difícil demais para que Deus não nos console. Isso é viver em triunfo.
Posso dizer, com muita confiança que o Senhor nos tem ajudado. Que a igreja do Senhor em Campina Grande segue caminhando firme, fazendo a obra de Deus, orando, pregando, ensinando, batizando, reunindo e servindo ao Senhor com todo fervor e alegria. Por isso agradeço primeiramente ao meu eterno Deus, a minha família, meus nobres companheiros, a todos os membros e congregados, desde a menor criancinha até o ancião de mais idade. Deus vos abençoe, e, vamos prosseguir para o alvo da suprema vocação em Cristo Jesus.


Vosso em Cristo

terça-feira, 7 de julho de 2015

PASSOU A ESTAR COM O SENHOR O PR JAYME LUCAS SACRAMENTO FILHO



Pastor Jayme Lucas Sacramento Filho promovido a Glória A Igreja Evangélica Assembleia de Deus em São Paulo - Ministério do Belém, perdeu na noite de segunda-fera, 06 de julho, um referencial de homem de Deus, pai de família, servo do Senhor e Pastor. Foi promovido as mansões celestiais aos 61 anos de vida o querido pastor Jayme Lucas Sacramento Filho, líder da AD, Ministério do Belém na cidade de Arujá (SP). Tive o privilégio concedido pelo Ministério de algumas vezes estar ao lado deste grande homem, bem como de sua família; a primeira viagem que fiz a serviço da nossa convenção CONFRADESP foi ao lado dele, de la para cá nos tornamos amigos. Muitos exemplos vou levar na memória deste ilustre servo do Senhor, profeta da nossa geração. Que Deus ajude a querida irmã Nite e toda sua família, que para todos nós são muito especiais; que o Senhor conforte o coração de todos pois sei que a falta que ele fará será muito grande. "Neguinho" rs, como ele me chamava. VELÓRIO CULTO FÚNEBRE E SEPULTAMENTO: Seu corpo esta sendo velado desde as 6h de hoje, terça-feira, 07 de Julho no templo-sede de nossa Igreja, Assembleia de Deus - Ministério do Belém. O culto fúnebre acontecerá as 14h sob a direção do pastor vice-presidente, José Wellington Costa Junior. E sairá as 16h para o sepultamento que se dará no Cemitério Parque dos Pinheiros, sito à Rua: Ushikichi Kamiya, nº. 71, Jardim das Pedras, Jaçanã, São Paulo.emails de Transportadoras

Publicado no blog de Tiago Bertulino, fotógrafo oficial do Belém São Paulo e do pastor José Wellington Bezerra da Costa. Texto do próprio Tiago Bertulino.