Pages

terça-feira, 19 de abril de 2016

ABRIGADOS À SOMBRA DO ALTÍSSIMO


"Quão preciosa, é, ó Deus, a tua benignidade, e por isso os filhos dos homens se abrigam à sombra das tuas asas" (Salmo 36. 7).

Há duas sombras distintas conhecidas na Bíblia, uma é a sombra da morte, e a outra é a sombra do Altíssimo. No Salmo 23. 4 lemos: "Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam". Na velha estrada que liga Jerusalém a Jericó, ainda hoje, há uma passagem, onde as rochas impedem da chegada do sol, que ficou conhecida como o vale da sombra de morte. Naquele vale, muitas ovelhas se perderam, indo ou voltando para o aprisco. Davi era acostumado passar por aquele vale. Conhecia como a palma de sua mão, e, em um tom poético, ele usa aquele lugar para dizer, que as ovelhas que tem o Senhor como Pastor, não temem em passar por ali. Isso é espiritual! Quão difícil é passar pelo vale da sombra da morte!
Porém, quero falar sobre à sombra do Altíssimo. O Salmista, no salmo 91.1 declara: "Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Onipotente descansará”. Essa sombra não é destruidora, mas, revivificadora. É uma sombra, onde os cansados descansam com segurança. É um lugar, aonde àqueles que vêm de uma caminhada, sob um sol causticante, acham sombra para reconstituir suas forças e continuar na caminhada. As asas do Altíssimo é um lugar seguro para seus filhos. Jesus disse ao povo de Israel: “Quantas vezes eu quis eu ajuntar teus filhos, como a galinha ajunta os seus pintos debaixo de suas asas, e não quiseste” (Lc 13.34). Há somente um lugar seguro para crente nos momentos da aflição: A sombra das asas do Altíssimo. É lá, onde encontramos segurança e refugio.
Lembro-me de um historia contada por minha mãe: disse ela que em um dia de tempestade no estado do Paraná, uma tempestade tão grande que derrubou árvores, e até casas que eram feitas de madeira. Após passar a tempestade, havia uma galinha que estava num cantinho, e todos os seus filhotinhos vivos, escondidos embaixo de suas asas. Ah, isso me faz pensar: quantas vezes a tempestade da vida é tão grande, mas oculto à sombra das asas de Deus, a tempestade passa, e nós ficamos são e salvos. Vale a pena confiar no Senhor.


Pr Daniel Nunes

2 comentários:

FAMILIA-MISSIONARIA DE DEUS disse...

Que Deus continue te abençoando e te usando poderosamente meu amigo pr Daniel Nunes , boa mensagem de reflexão.

Ev. Welliton Soares disse...

Glória a Deus por isto, que muita da vezes permite com que coisas aconteçam em nossas vidas para que possamos entender o seu amor.Reflexão muito boa pastor Daniel.

Postar um comentário