Pages

quinta-feira, 20 de março de 2014

COM RESPONSABILIDADE EXPLICO POR QUE A IGREJA VOZ DA VERDADE É CONSIDERADA UMA IGREJA HERÉTICA.


Para entendermos as heresias que permeiam a doutrina da Igreja Voz da Verdade, se faz necessário que voltemos um pouquinho no tempo, lá para o século III da era cristã, onde Sabélio passa a ensinar que Deus era apenas três faces, ou manifestações, mas não três pessoas. Foi através da doutrina conhecida como modalismo, pregado por Sabélio que se desenvolveu a doutrina herética do patripassionismo, onde ensinam erroneamente, diga se de passagem, que asseverando que os sofrimentos de Deus Filho necessariamente recaíam sobre o Deus Pai.
O Sabelianismo, pois assim o modalismo era chamado ou conhecido, usava a palavra pessoa para cada Pessoa da divindade, mas para ele “pessoa” tinha o sentido de máscara ou manifestações diferentes de uma Pessoa Divina. O Pai, o Filho e o Espírito Santo, são nomes de três estágios ou fases diferentes. Que faz dessa doutrina uma grande heresia, pois, sabemos que a Trindade Santa é composta por três pessoas, o Pai, o Filho e o Espírito Santo, e nunca de fazes ou máscaras. É importante dizer que os “unicistas” não aceitam a pluralidade de pessoas na unidade da Divina, qualquer referencia à ideia de Trindade, eles interpretam como sendo várias manifestações de Deus ou de Jesus. Eles não são contra a Trindade pelo fato de não crer que Jesus seja Deus, mas ironicamente pelo fato de crer que Deus é só Jesus.
A Igreja Evangélica Voz da Verdade tem em seu estatuto como sendo fundada em 5 de janeiro de 1984 em Santo André – São Paulo, com 28 membros batizados e fundadores. Eles ficaram conhecidos no Brasil, através do famoso conjunto que a Igreja levou mesmo nome.
Há quem diga, que o que a Igreja Voz da Verdade ensina são coisas secundárias, que não vai trazer nenhum mal as igrejas genuinamente evangélicas. Portanto, vamos apresentar a raiz do problema, para que todos possam tirar suas conclusões a respeito:
O curso de discipulado da referida Igreja, chamado “Instrução inicial pró-batismo”, declara: Quando a Bíblia se refere a Deus, está falando no Espírito Santo que é o Pai, Criador e Senhor de todas as coisas. Jesus tanto é o Pai, como é o Filho. Antes da manifestação de Jesus como homem, não havia Filho de Deus (somente anjos eram tidos como filhos de Deus). Jesus pode ser Pai e também Filho? É muito lógico que sim, (dizem eles) pois Ele é Deus. Falando sobre a Trindade, afirmam: Qual é o significado da palavra Trindade? Teoria religiosa de intenção carnal e diabólica com o sentido de alimentar uma ilusão de Satanás que teve a pretensão de pluralizar a plenitude da divindade.
Analisemos agora como a Bíblia trata esse assunto: Leiamos a Palavra em Apocalipse 5. 11-13: “E olhei, e ouvi a voz de muitos anjos ao redor do trono, e dos animais, e dos anciãos; e era o número deles milhões de milhões, e milhares de milhares, que com grade voz diziam: Digno é o cordeiro, que foi morto, de receber o poder, e riquezas, e sabedoria, e força, e honra, e gloria, e ações de graças. E ouvi a toda a criatura que está no céu, e na terra, e debaixo da terra, e que está no mar, e a todas as coisas que neles há, dizer: Ao que está assentado sobre o trono (Deus), e ao Cordeiro (Jesus cristo, o filho), sejam dadas ações de graças, e honra, e poder para todo sempre. Certamente amados, todos nós que somos trinitaristas, aceitamos que Jesus é Deus verdadeiro, bem como homem verdadeiro, com base bíblica em Colossenses 2.9 que diz: “Porque nele habita corporalmente toda a plenitude da divindade”. As duas naturezas são encontradas em Jesus: a Divina “... e o vero verbo era Deus” (Jo 1.1); e a humana “E o verbo se fez carne” (Jo 1.14).Certamente Jesus é Deus verdadeiro, pois assim João escreve dizendo: “E sabemos que já o Filho de Deus é vindo e nos deus entendimento para conhecermos o que é verdadeiro; e no que é verdadeiro estamos, isto é, em seu Filho Jesus Cristo. Este é o verdadeiro Deus e a vida eterna” (1Jo 5.20). Mas os adeptos da Igreja Voz da Verdade não crê dessa forma, como elmos em sua declaração de fé. Colocam o Pai e o Filho como personificações e não como personalidades distintas da Trindade.
É importante que façamos aqui a diferença entre personificação e personalidade. Os adeptos da Voz da Verdade identificam o Pai como apenas título. Assim eles declaram: “Um título usado para se referir à natureza divina de Jesus. Quando na Bíblia se lê sobre o Filho, essa palavra se relaciona apenas com a natureza humana de Jesus, segando sua preexistência como filho”. Perguntamos então: o que seria o Pai se Ele é apenas a natureza divina de Jesus. Nesse caso não podemos orar ao Pai em nome de Jesus!
Dizem que o filho não é ninguém, mas sim a natureza humana de Jesus. Para eles o filho como pessoa preexistente para sempre ao lado Pai nunca existiu. Dizem que Jesus como filho, passou a existir apenas após o seu nascimento em Belém de Judá. Leia 1Jo 2.22.
Quando eles se referem ao Espírito Santo, dizem que estão se referindo ao Pai. Pois, segundo eles o Espírito Santo não é outro senão o Pai. Significa dizer, que negam contundentemente a terceira pessoa da santíssima Trindade. Fica muito difícil para eles a explicação do texto do batismo de Jesus em Mateus 3. 13-17, onde se ouve a voz do Pai, Jesus está na água sendo batizado e o Espírito Santo vem em forma corpórea de pomba. 
Finalmente amados, poderia dizer que tenho muito que escrever-vos a respeito dessa Igreja, que a princípio não perecia, mas se tornou herética, pois ela está associada a algumas das mais belicosas seitas, como: Tabernáculo de Fé, Igreja Local, Adeptos do nome Yehoshua, entre outras.  Devemos ter todo cuidado, pois do contrario, poderemos incorrer no erro, de, apenas por se tratar de um grupo conhecido e famoso, acharmos que está tudo bem, e que esse assunto é coisa de pouca monta, quanto de fato não é. Não devemos nos associar com aqueles que negam as verdades da Palavra de Deus (2Jo 1.10,11).

Vosso em Cristo


Pr Daniel Nunes

2 comentários:

Dupla DeG disse...

perfeito.

Julio Cesar disse...

Obrigado pela visão amado irmão...
DEUS o abençoe.

Postar um comentário