Pages

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

COMO É DIFICIL SEGUIR AS PISADAS DO MESTRE!

João em sua primeira carta no capítulo 2.6 diz: Aquele que diz que está Nele, também deve andar como ele andou. Interessante, como nós, crentes na pessoa de Jesus Cristo, temos uma facilidade enorme de ler textos como esse, e, até ensinar aos outros; porém, quando chega o momento de coloca-lo em prática, falhamos. Andar nas pisadas do Mestre Jesus não é nada fácil! Jesus disse e Mateus escreveu no capítulo 11 versículo 29 do evangelho do Rei: "..., aprendeu de mim que sou manso e humilde de coração". Ele é o nosso Mestre, por quem devemos aprender o caminho mais certo, seguro e vitorioso da vida cristã. Será que estamos aprendendo Dele? Quantos crentes, que estão na igreja, e até arrogam o tempo de fé dizendo: Tenho tantos anos de crente. Que bom! Porém isso não é o bastante. Igreja não é INSS para contar tempos para aposentadoria. O que vale no evangelho é se de fato você aprendeu a andar nas pisadas do Mestre. Ah, eu ando sim, pode dizer alguém. Pois vou a igreja todos os dias; pago os meus dízimos religiosamente; todos os dias leio a Bíblia Sagrada, fazendo o meu devocional; não posso ver um pecador que já estou falando de Jesus e entregando-lhe um folheto; mantenho-me dentro da doutrina e dos usos e costumes que minha denominação ensina, por tanto, entendo que estou seguindo as pisadas de Jesus. Ok. Vamos fazer uma análise bíblica para ver se você passa no teste: (1) Em Mateus 5.44, Jesus ensina que devemos amar aos nossos inimigos e bendizer aos que nos maltratam, fazer bem aos que nos odeiam e orar pelos que nos maltratam e perseguem. Jesus ensinou e viveu dessa forma, pois quando Judas, o seu traidor, chegou para beija-lo, com aquele beijo que o entregou para seus algozes, Jesus o chama de amigo. E ai, passou nesse teste? Você está lendo este texto, e, não adianta mentir para ninguém que sim, pois você sabe muito bem, o quanto gostas de falar mal, e ouvir alguém falar mal daquela pessoa que te ofendeu com alguma coisa. É verdade ou não? Vamos para outro teste: (2) Em primeira Pedro 2. 23 diz: O qual, quando o injuriavam, não injuriava, e quando padecia não ameaçava, mas entregava-se àquele que julga justamente. Como Jesus é diferente dos homens! Hoje, por qualquer coisa já se fala: Vou abrir um processo. Vou levar pra justiça. Vou te denunciar. Que evangelho barato, sem nenhum preço, sem valor que estamos vivendo hoje em dia. E ai, passou nesse outro teste? Você é daquele que sabe entregar tudo a Deus, ou daqueles pavios curtos, que qualquer coisa quer resolver no braço, na justiça, no revolver ou na peixeira? (3) Tem mais. Em João 17. 15 Jesus falou assim: Não peço que os tires do mundo, mas que os livre do mal. Lendo esse texto entendi, que somente existe na terra, a Igreja de Deus e o mundo. Ou você é igreja ou é mundo. Não adiante dizer que é membro de tal e tal igreja, que faz 50 anos que é crente, que paga dízimo, que evangeliza, que é o mais santo da igreja, que corrige todo mundo, nada disso. Ou você é Igreja ou é mundo. Estou entediado de ver tantos crentes que vivem a vida toda dentro das igrejas, arrotando santidade, mais que instigam a contenda, a mal querência, as separações no corpo de Cristo, etc. Estou entristecido e porque não dizer aborrecido, em ver as brigas por cargos, posições, nos púlpitos, nas primeiras cadeiras, nos holofotes das luzes incandescentes da mídia. Já não posso suportar, em ver tantos que pregam uma coisa e vivem outra. Que ensinam que não devem adulterar mais vivem na prática do adultério, que dizem que não podem mentir, porém são inveterados mentirosos. Que ensinam com grosso gogó para amar os irmãos, mas que não amam nem a esposa nem os filhos. Pastores que falam mal uns dos outros. Que brigam e não se perdoam. Ensinam os outros a pedirem perdão, mas eles mesmos desconhecem essa prática. Igreja é um povo separado para Deus. Um povo que verdadeiramente faz a diferença. Estou mais que convencido, que preciso e que precisamos desesperadamente voltarmos ao calvário. Reconsiderarmos muitas práticas de nosso cristianismo hodierno, que não está passando de palha seca sem fruto, sem alimento para um mundo faminto, perdido e sem rumo. Somente uma Igreja sadia na fé poderá salvar o mundo do caos social, moral, ético e sobretudo espiritual.

Com Lágrimas nos olhos, o vosso conservo em Cristo Jesus

Pr Daniel Nunes da Silva

3 comentários:

Dupla DeG disse...

meu Deus, tremenda essa palavra,

vania disse...

Meu respeito a você irmão,pela coragem,pois verdadeiramente é assim,muitos lobos em pele de cordeiro.
Vânia.

Julio Cezar disse...

ho gloria

Postar um comentário