Pages

sábado, 7 de julho de 2012

ANTROPOLOGIA BÍBLICA – ESTUDO SOBRE O HOMEM



ANTROPOLOGIA BÍBLICA – ESTUDO SOBRE O HOMEM
Gn 1.26,27; 2.7

Pergunta feita ao longo da historia da humanidade: Que é o homem?

Jó 7. 17,18; Sal 8. 4; Sal 144. 3
“O pensador”, obra escultural do artista francês Augusto Rhodin, configura o homem em constante busca da resposta às perguntas: “quem sou eu?” “de onde vim?” “porque estou aqui?” “Para onde vou?”.
O substantivo homem no hebraico e no grego (ãdãm, antropos) aparece 2. 615 vezes. Ora significa Adão, o primeiro homem criado por Deus, ora é indefinido, significando assim toda a raça humana (Gn 2.7; 3.24; 6. 5). No total são 28 palavras hebraicas e gregas traduzidas como homem, e têm o significado de Adão, mortal, homem poderoso, ser humano.
O homem foi criado à imagem de Deus em relação ao seu espírito e a sua alma. Ele é essencialmente espiritual; tem um aspecto invisível e imortal (Ec 12.7; Mt 10.28). Outros elementos desta imagem são: A mente e a vontade; a integridade intelectual e moral (o homem foi criado com verdadeiro conhecimento, justiça e santidade). O corpo era visto como órgão adequado para compartilhar a imortalidade com a alma do homem e o meio pelo qual o domínio sobre a criação era exercido. Em Genesis 9.6 vemos que o homem não perdeu totalmente a imagem de Deus, porém ela ficou muito doente, ou desfigurada, pois seus pensamentos, que era uma característica da imagem de Deus no homem, a Bíblia diz que era má continuamente (Gn 6.5; 8.21).
Os ingredientes do seu corpo (Sal 8.4)


Carbono - 23% - 16 quilos
O que é a vida? O efeito colateral de uma propriedade dos átomos de carbono. Eles se juntam naturalmente em cadeias grandes e complexas. E seu corpo, em última instância, é uma dessas cadeias. Se o DNA fosse uma árvore, o carbono formaria os galhos. E esses galhos somos nozes: os vemos na forma de músculos, pele, cabelos...
Cálcio - 1,4% - 1 quilo
Não é só de dentes e ossos que se faz o cálcio no corpo humano. Ok, 99% é. O minério mais abundante do organismo (e das salas de aula, já que giz é cálcio puro) tem outras funções tão importantes quanto: sem ele, o sangue não coagularia e não conseguiríamos mover os músculos.
Fósforo - 0,83% - 580 gramas
No nosso corpo, o fósforo está longe de causar explosões. O que ele faz é armazenar e transportar energia dentro das células (e entre elas). Mesmo assim, só 20% do fósforo do organismo está nas células e no fluido em que elas boiam. Os outros 80% combinam-se com o cálcio para formar ossos e dentes.
Nitrogênio - 2,6% - 2,22 litros
O nitrogênio se junta com carbono para formar o ácido nucleico, coisa que você conhece como DNA, a supermolécula que organiza todos os ingredientes destas páginas na forma de uma estrutura bem especial, capaz de criar cópias de si mesmas, se reproduzir. Em outras palavras, uma estrutura viva.
Água (H2O) - 55% - 38,5 litros
Sem água não há vida porque é boiando na água que as moléculas do corpo se encontram e reagem quimicamente - a transformação de ar em energia via respiração é uma dessas reações. E claro: os 6 litros de sangue correndo aí para transportar nutrientes são 92% água (quase uma Coca-Cola, que é 95%).
Enxofre - 0,2% - 140 Gramas
O enxofre não deve ser subestimado e reduzido a um gás fedorento - pelo menos não quando está no organismo. Aqui ele não aparece na forma gasosa, mas sempre ligado a outros átomos. E compõe proteínas como a insulina, que transporta a glicose do sangue para servir de combustível às células.
Cloro e sódio - 0,27% - 195 Gramas
Juntos, o cloro e o sódio formam o sal. Mas no corpo eles trabalham separados. São como válvulas: não deixam faltar nem sobrar água nos tecidos do organismo. O sódio também é uma das peças envolvidas na contração muscular - para isso ele atua com o elemento aqui embaixo.
Potássio - 0,2% - 140 Gramas
Quando o sistema nervoso envia um sinal para que um músculo seja contraído, começa um movimento dentro das células: o potássio sai e o sódio entra. Essa troca da guarda gera o movimento. Por isso, a deficiência (ou o excesso) de potássio pode
Metais - 0,009% - 6 Gramas

Ferro, zinco, cobre... Você também é feito de metal. O corpo usa 7 deles para funcionar. Ferro é o mais abundante (4,2 g): ele se junta com proteínas para formar nossos glóbulos vermelhos, os veículos que transportam oxigênio pelo corpo. O zinco, 2º mais presente (2 g), entra na receita dos glóbulos brancos, os soldados do sistema imunológico.

O HOMEM POSSUE


1.      206 ossos na fase adulta

2.      639 músculos;

3.      100,000 Km de veias, isto é, cerca de duas voltas e meia em torno da terra;

4.      400 papilas gustativas na língua;

5.      20 mil pelos nos ouvidos para as diferentes tonalidades de sons;

6.      18 quilos de pressão na mandíbula;

7.      10 mil nervos e terminações;

8.      3.500 poros de suor para cada 2,5 cm2 de pele;

9.      20 milhões de poros que absorvem o alimento ao longo do intestino;

10.  300 milhões de alvéolos nos pulmões que inspiram 10.800 litros de ar por dia;

11.  Um sistema nervoso que transmite ao cérebro qualquer sabor, som, cheiro, toque ou visão;

12.  Um coração que bate 4.200 vezes por hora e bombeia 10 toneladas de sangue por dia.

NOMES QUE SE APLICAM AO CORPO NA BÍBLIA

a.      Casa ou Tabernáculo (2Co 5.1). É a tenda na qual a alma do homem, qual peregrina, mora durante sua viagem do tempo para a eternidade. Com a morte do corpo, a tenda é desarmada e a alma parte para sua eterna morada (Is 38.12; 2Pe 1.13,14). Alguém disse: “O homem é um embrulho postal que a parteira despachou ao coveiro”;

b.      Templo (1Co 3.16,17; 6. 19,20; 2Co 6. 16). O templo é um lugar consagrado pela presença de Deus. Um lugar onde a onipresença de Deus é localizada (1Rs 8.27,28);

c.       Vaso: (1Ts 4.4). Há vasos de honra e vasos para a desonra (2Tm 2.20,21).

·         Apesar de muitos filósofos pagãos, tratarem o corpo com desprezo, e o considerarem como um empecilho ao aperfeiçoamento da alma, contudo a Bíblia, em toda parte trata o corpo do homem como obra de Deus, que pode ser apresentado a Deus (Rm 12.1), e que deve ser usado para a gloria de Deus (1Co 6. 20).

·         É através do corpo (gr SOMMA), que mantemos o contato com o mundo físico.

·         O corpo do homem, criado por Deus (Gn 2.7), é essencial para a existência humana.

·         Assim, o corpo é o elemento essencial do existir, viver, conhecer, desejar, fazer, e, sem ele o homem não seria capaz de alimentar, reproduzir, aprender, comunicar, trabalhar, etc.

·          É através do corpo que o homem se torna um ser social. Será pelas obras praticadas por meio do corpo que o homem será um dia julgado (2Co 5.10).

O NOVO TESTAMENTO DEFINE A CONSTITUIÇÃO DO HOMEM


1.      “E não temais os que matam o corpo não podem matar a alma; Temei antes aquele que pode fazer perecer no inferno a alma e o corpo” (Mt 10.28);

2.      “E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo vosso espírito, e alma, e corpo, sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo” (1Ts 5.23);

3.      “Porque a Palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até a divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração” (He 4.12);

4.      “Porque, assim como o corpo sem o espírito está morto, assim também, a fé sem obras é morta” (Tg 2.26);

5.      “Paulo, porém, descendo, inclinou-se sobre ele e, abraçando-o, disse: Não vos perturbeis, que a sua alma nele está” (At 20. 10).


·         Podemos dizer que: Sendo o homem ESPÍRITO, é capaz de ter conhecimento de Deus e comunhão com Ele; Sendo ALMA, tem conhecimento de SI mesmo; Sendo CORPO, tem conhecimento do mundo em que vive através dos sentidos.
1.      Audição: Reside na Cóclea – ouvido interno

2.      Visão: Reside na retina dos olhos

3.      Olfato: Reside na pituitária – dentro no nariz

4.      Paladar: Reside nas papilas gustativas da língua

5.      Tato: Reside nas terminações nervosas da pele


Há ainda pelo menos mais dois sentidos pouco ensinados que são:

1.      Propriocepção: Mesmo com os olhos fechados posso tocar em meu joelho por exemplo. Percepção própria do meu corpo. O deficiente visual desenvolve muito esse sentido.

2.      Equilíbrio: Posso me curvar e sei que estou curvado ou torto.
·         Tudo isso através do corpo. E sobre o ele está escrito: “Mas o corpo não é para a prostituição, senão para o Senhor, e o Senhor para o corpo” (1Co 6.13b).

A ALMA DO HOMEM

(hebraico ‘nephesh’, grego ‘psyché’)
1.       A alma junto com o espírito forma o “homem interior”Por isso não desfalecemos; mas ainda que o nosso homem exterior se esteja consumindo, o interior, contudo, se renova de dia em Dia” ( 2Co 4. 16). Ler ainda o versículo 18. Mesmo que essa parte imaterial esteja inseparavelmente unida, há uma diferença entre ambas.
2.       A alma orienta a vida do corpo, e, estabelece o contato com o mundo ao seu redor, usando para isso os sentidos do corpo, enquanto o espírito é o órgão do homem que lhe dá a possibilidade de ter relações com Deus. É assim, a alma diz: “Tenho sede de Deus” (Sal 42.1,2), então o espírito prontamente faz o desejo da alma e procura saciar essa sede (Lc 1. 46,47). É como um órgão do corpo que ajuda o outro em suas limitações, Ex. O estomago grita de fome, porém se faz necessário alguns órgãos do corpo para alimentar o estômago, como: Mãos, boca, esôfago, etc.
3.       A alma é a Sede dos sentimentos. Todos os sentimentos que pensamos ser do corpo, na verdade, são sentimentos da alma, e, ela se expressa por meio do corpo. A Bíblia diz: “E a alma dos feridos clama” (Jó 24.12). “A minha alma tem sede de Deus” (Sl 42.2); “A minha alma se alegrará” (Sl 35.9); “A minha alma está quebrantada de desejar” (Sl 119.20); “A minha alma está profundamente triste até a morte” (Mc 14. 34); “Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma,...” (Mt 22.37).
4.       A alma é a Sede do intelecto com as suas faculdades: Pensamento, entendimento e saber (Sl 139.14; Pv 19.2; Is 53. 11;). À alma pertencem também os desejos e as paixões em relação à vida natural e física (Lc 12.19; Ap 18.14).
5.       A alma do homem não é o sangue, como alguns afirmam. (Lv 17. 11). A palavra alma está sendo usada como sinônimo de vida (Dt 12.23; Gn 9.4). A palavra aqui traduzida é do hebraico ‘nephesh’, que pode ser traduzida por alma ou por vida. A interpretação de que o sangue é a alma, abrem-se portas par contradições como em Apocalipse 6.9-11, onde almas estão clamando e dizendo que seja vingado o seu sangue. Jamais aconteceria isso se de fato o sangue fosse a alma do homem.
6.       A Bíblia fala da salvação da alma. (Mt 10.28; Tg 5.20). Jesus disse que não adianta o homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma (Mc 8.36,37). Devemos, pois encomendar nossas almas ao Deus Criador (1Pe 4.19).
7.       A origem da alma. Sabemos que a primeira alma, a de Adão foi dada pelo sopro do Criador (Gn 2.7), e as demais? Os estudiosos se dividem em dois grupos: Os que entendem que é uma criação direta de Deus, baseando-se, portanto nos livros de Isaias 57.16; Ec 12.7; Hb 12.9; Zc 12.1, e, os que dizem que provem dos pais, e citam João 1.13, 3.6; Rm 5.12; 1Co 15.22; Hb 7.10. O pastor Myer Pearlman diz assim: “A origem da alma pode explicar-se pela cooperação tanto do Criador como dos pais”. Continua ele “No principio duma nova vida, a Divina criação e o uso criativo de meios agem em cooperação”. “O homem gera o homem em cooperação com o Pai dos espíritos, pois o poder de Deus permeia o mundo” (At 17.28; He 1.3). O que sabemos é que a origem de todas as formas de vida está encoberta por um véu de mistérios (Ec 11.5; Sl 139. 13-16; Jó 10. 8.12).


O ESPÍRITO DO HOMEM

1.       O Espírito é a parte imaterial, invisível no homem, que, juntamente com alma, compõem o homem inteiro.
a.       O espírito do Homem é a janela aberta para o céu, lhe dando condições de sentir a realidade de Deus (1Co 2.10,11; Jo 4. 23,24);
b.      O espírito do homem é a sede das suas relações com Deus (Pv 20.27, ARA);
c.       O espírito distingue o homem das demais criaturas, pois o mesmo foi criado segundo a imagem e semelhança de Deus (Gn 2.7).
d.      O espírito é o primeiro lugar que chega a santidade (1Ts 5.23).

2.       O espírito do homem não renovado pelo Espírito Santo é morto.

a.       A separação que o homem não renovado tem de Deus, faz que o seu espírito esteja morto, inativo (Lc 15.24,32; Col 2.13; 1Tm 5. 6;);
b.      Esse homem não tem a vida de Deus (Ef 4. 18; Tt 1.15);
c.       Ele não pode ver a gloria de Deus (2Co 4.4).
3.       Com a salvação o espírito do homem é vivificado.

a.       Um despertamento começa no seu interior (Ef 2.5; Col 2.13);
b.      O Espírito Santo o convence (Jo 16. 8-10);
c.       Jesus que é a vida (Jo 14.6), lhe dá vida (Rm 6.23; Jo 20. 31);
d.      Tudo se faz novo (1Co 5.17);
e.      O véu é tirado (2Co 3.16);
f.        O seu espírito passa a orar (1Co 14. 15,16);

4.       Uma das mais importantes faculdades do espírito do homem é a consciência. Ela é como uma janela, pela qual Deus olha para o interior do homem (Rm 2.15,16). É como uma espiã de Deus, que persegue o homem quando faz o mau, mas que lhe fala com uma voz elogiosa quando faz o bem ( At 24.16).


1 comentários:

severino Biu disse...

ADAM,ADAMAH=ECICLOPEDIA DE BIBLIA,TEOLOGIA E FILOSOFIA=RUSSEL N.CHAMPLIN 1=barro,solo,terra(feito do solo)

Postar um comentário