Pages

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

A ORAÇÃO É A CHAVE DA VITORIA


Texto: Ef 6.18; Tiago 5. 13-18

A oração é o meio pelo qual falamos com Deus. Ela é a chave certa para abrir todas as portas. A oração será sempre um meio para obtermos a vitoria nas lutas da vida.
1. Porque oramos.
a. Por falta de alguma coisa (Tg 1.5). Abraão orou porque não tinha filhos (Gn 15.2,3). Igualmente Ana orou pedindo um filho ao Senhor (1Sm 1.10,11);
b. Por estar em apuros (Tg 5.13). Gr Kakopartheia = Apuro, sofrimento, dificuldades. Não significa doença, pelo menos nesse texto. Ezequias orou porque estava sendo ameaçado pelo rei Senaqueribe da Assíria (2Rs 19. 14-19);
c. Por estar enfermo (Tg 5.14). Gr Astheneo = fraco, doente, débil (Fil 2.25-27).

2. Como devemos orar.
a. Com empenho, como Epafras (Col 4.12);
b. Com fervor, como Elias (1Rs 18.36-38; Tg 5.17);
c. Sem esmorecer (Lc 18.1; Rm 12.12);
d. Vigiando (Ef 6. 18);
e. Com seriedade (Tg 5. 16).

3. Características de uma oração de poder.
a. Procurar a face de Deus (2Cr 7.14);
b. Buscar ao Senhor de todo coração (Jr 29.13);
c. Orar com confiança (Mc 11.23,24);
d. Permanecer em Jesus (Jo 15.7);
e. Orar e aceitar a vontade soberana de Deus (1Jo 3.22; 5.14). A vontade de Deus está em sua Palavra (Jo 15.7; Rm 10.17). Abraão pediu para Deus perpetuar seu filho Ismael como seu descendente dono de todas as possessões, Deus não lhe ouviu porque não estava dentro dos planos propósitos de Deus, nem para Abraão nem para a nação de Israel (Gn 17. 19,20). Veja a oração da igreja em Jerusalém frente as perseguições (At 4. 23-31);
f. Estar em comunhão com os irmãos (Mt 5. 23,24).

0 comentários:

Postar um comentário